domingo, 11 de abril de 2010

Não tão irreais

Esses dias me peguei relendo O Diário da Princesa e pensando em quanto personagens fictíceos podem causar impacto na nossa vida.

A Mia do Diário da Princesa foi uma das personagens mais presentes na minha adolescência. Quando pus as mãos no primeiro livro, tinha uns 12 ou 13 anos de idade. Mia, de 14 anos e tão socialmente desajustada quanto eu, logo se tornou uma amiga.

Nós crescemos juntas, e falo em termos de idade mesmo. Mia envelhecia comigo.
Mas, com o tempo, se tornou alguém diferente do que era antes. Mia não era mais aquela menina que eu conheci. Ela cresceu e se modificou, e nós seguimos caminhos diferentes, como grande parte das amigas de começo de adolescência fazem.

Outro que cresceu comigo foi Harry. Aquele mesmo, o Potter. Acompanhei sua jornada mágica de menino assustado a bruxo poderoso, mesmo que também tenha me chateado com os rumos de sua aventura nos últimos livros e hoje em dia ele não signifique nem metade do que significou pra mim.

Existem vários outros personagens ficcionais que passaram e me marcaram, uns que eu amei, outros que eu amei odiar, aqueles com os quais me identifiquei, casais que eu shippei, ships que eu odiei, aqueles que eu desenhei e sobre os quais escrevi fanfic. Mais cedo ou mais tarde todos passam, como todas as pessoas "de carne e osso" também fazem.

Há quem diga que talvez eu devesse viver mais a minha vida. E pode ser que até estejam certos. Mas esses seres ajudam a me definir, deixando apenas a marca de sua não-presença de tinta, papel, pixels e tudo o mais na minha história.

Marcadores: ,

2 Comentários:

Às 13 de abril de 2010 11:26 , Blogger Mila S. disse...

Nada irreais, creio eu.
Bom, inicialmente, aloha! Estava cheretando a comunidade she-nerds, vi você, cliquei em você e vim no seu blog... Gostei.
Cresci com tantos personagens (ok ok, destaque para o Potter, confesso)e livros que basicamente, as vezes, é dificl separar o que foi a história deles e o que foi a minha.
Acho que esta pequena particula do irreal é parte da nossa realidade, portanto, assim, para nós, real também! Ah.. sei lá!
hahahaha

 
Às 14 de maio de 2010 10:44 , Anonymous Samuel disse...

Olá, gostaria de te convidar para participar de uma rede de conteúdo para blogueiros.

Chama Ocasional, se você tiver interessa veja como funciona a rede aqui em www.ocasional.com.br/howto.aspx ou então pode enviar um email no smatosjr@gmail.com

Abs,
Samuel

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial