quinta-feira, 9 de abril de 2009

Um diálogo de família / Etc.

- Minha netinha, você pode casar com quem você quiser, viu?
- ....
- Contanto que não seja comunista.
- Oxente, vovô!
- É! Acho que eu não iria aguentar se você casasse com um desses... caras de esquerda. Sabe. É como diziam na minha época: a foice é pra matar, o martelo é pra bater o caixão!
- ....
- Imagina só, imagina se ele inventa de te levar pra Cuba. Uma ditadura, minha filha! Onde papel higiênio é artigo de luxo! Ou pra China, já pensou. Lá não tem nem previdência social! Um absurdo!
- ....
- Não, não. Eu, se fosse você, procurava um cara direito.
- Vovô, o que é comunismo mesmo?
- ... Esqueça, minha filha, esqueça. O que é que estão ensinando na escola pra essas crianças hoje em dia, meu Deus?


O texto acima é ficcional. O avô da autora desse blog deixa ela casar com quem ela quiser, embora ela realmente não garanta que ele vá conviver pacificamente com qualquer um.


-----------------

Fiquei mó chateada de perder a última pauta da Capricho. Queria muito escrever aquele texto sobre os professores. ;___;

E também não respondi a quem comentou no último post... Embora tenha lido e amado os comentários... Acho que é por isso que eu sou blogueira fracassada, eu sou preguiçosa mór >__>
Obrigada a todos vocês! Um dia ou outro eu respondo =***

Marcadores: , ,

1 Comentários:

Às 11 de abril de 2009 13:56 , Anonymous Dayane Prado Fonseca disse...

bloguera fracassada...para de bestera!!!
seu blog é fofo,vc é mto fofa bjks...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial