segunda-feira, 2 de março de 2009

Um conto sem pé nem cabeça

- A vida não é um negócio engraçado?
- ... uhm?
- Eu disse: a vida não é um negócio engraçado?
- Eu ouvi o que você disse. Mas não sei se esse é assunto pra se discutir no meio do café da manhã.
- Digo, é estranho, não? Nós nascemos, sem saber de onde viemos nem para onde vamos. Nos metemos em um mundo maluco que prega a paz mas pratica a guerra e é cheio de pessoas, cada um se achando o protagonista de sua própria aventura cósmica, no meio de uma bola que achamaos que é grande mas não é e que vaga infinitamente no espaço; dizemos sempre que estamos cansados da vida, mas nos agarramos a ela como passageiros que não querem descer do trem... Passamos o tempo todo evitando a morte para morrer no final. Não é engraçado?
- Uhum, uhum. Você ouviu o que EU disse?
- Ahn?
- Nada não. Me passa a manteiga?

Marcadores: ,

2 Comentários:

Às 4 de março de 2009 12:03 , Blogger Maria Garcia disse...

Entenda, bee. Ninguem raciocina bem pela manhã =p

 
Às 9 de março de 2009 20:04 , Blogger dreamsaboutme disse...

A vida é isso.. é ser protagonista de uma vida, a nossa,e nem sempre sermos os personagens,ao menos,secundários,das vidas dos demais...
Amei muuuuito o seu blog!Bjks;)

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial