quarta-feira, 9 de julho de 2008

Secos e molhados

Não vou dizer que sou fã de álcool. Não gosto do gosto (nossa, essa frase saiu muito esquisita), e todo mundo sabe que gente bêbada pode chegar a ser baixo-astral. Tem gente que bebe com responsabilidade, mas muitas pessoas fazem idiotices quando bebem, isso é fato. Uma dessas idiotices é pegar o carro e ir enfiá-lo em um poste. Se é comprovado que não podemos beber NADA sem prejudicar os sentidos, é mais do que justo corrigir essa falha na legislação. E proteger as pessoas. Vocês já receberam aquela corrente da menina que não bebeu na festa, mas morreu em um acidente de carro porque bateu com um que tinha enchido a cara? Pois é. Deixar as coisas como estavam seria quase um homicídio culposo: o governo seria responsável por todos os inocentes que morreram em acidentes de trânsito causados por essa negligência, esse furo para o qual eles haviam decidido fechar os olhos.
Que a correção é certa, é com certeza. A grande incógnita é se, mais uma vez, isso tudo vai funcionar mesmo. Porque o mais difícil não é escrever e aprovar a lei, mas sim colocá-la em prática. E vão ser precisos muitos bafômetros e blitzes para separar os secos dos molhados.



Para o TDB. Vocês já repararam que umas três das minhas pautas já saíram com o título baseado em alguma música/banda/whateaver? Concidências estranhas do universo...

Marcadores:

1 Comentários:

Às 18 de julho de 2008 10:27 , Blogger Robbie Jacks disse...

Beber e dirigir é o Ó mesmo. Concordo com a lei, quem sabe esses idiotas que acham que podem tudo aprendem!!!

Beijos!!!!!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial